Caça à raposa

Raposa.jpg

O senhor Governo autoriza o recurso à paulada na caça à raposa. Leio e pasmo: autoriza o recurso à paulada? À paulada? Quer isto dizer que a legislação da caça à raposa menciona expressamente o uso do pau como método de abate? E, já agora, que outros métodos menciona e autoriza (ou proíbe)? O tiro autoriza certamente, de bala ou zagalote, de 6,5 ou 7,65 ou de chumbada grossa. E o pontapé, é autorizado? Ou é antes proibido? E o estrangulamento? O afogamento? O apunhalamento? A dentada de canídeos, pressuposta na descrição da aventura venatória legiferada, será, claro, autorizada. E, já agora, pergunto eu num assomo de delírio, autoriza-se atrair a raposa para um recinto fechado e matá-la de seguida à pedrada, ou à fisgada, tomando o fojo do lobo camiliano como inspiração logística?

Este mundo contemporâneo deixa-me exangue, só do esforço de perceber o que é e não é permitido. E com vontade de correr os nossos deputados à pedrada. Ou à paulada.

José Costa Pinto