Caligrafia de médicos

 

MAI NADA!



A *Celina* tem um marido chamado João.


A dada altura, a *Celina*  adoeceu...


O João levou-a ao médico e depois ficou a tratar dela.


A partir daí, o João ficou com um comportamento estranho:


Ele era de manhã uma queca, ao meio-dia outra, ao lanche mais uma e à noite
mais outra.


A *Celina* já estava farta daquilo e disse ao João:


- Ó João, eu gosto, mas como estou doente, tu não devias fazer amor comigo
tantas vezes, num só dia!


E ele respondeu:


- Eu estou a fazer o que o médico mandou, diz aqui na receita médica:



'*Pina* *a* *celina**' **(penicilina*) *4 vezes por dia'*.





Autor: O marido da Celina