OBRAS INCOMPLETAS

 

m-leitura-cartazaberto-4-custon.jpg 

Uma coisa eu vos peço:

que nunca se publiquem

as minhas obras completas.

Porque nem eu estou completo,

nem elas. Era o que faltava ...

Uma coisa eu vos peço:

não deixem dizer que eu tive obras,

e , ainda por cima, completas.

Eu não quero escrever obras

completas. Completas, não.

Nunca completas. Antes ser assim:

eu escrevo, volto a escrever,

e depois haverá um amanuense

que vai, enfático, dizer:

"Ora aqui estão as obras completas".

Nada disso. Irei ser sempre,

aqui vos juro solenemente,

a obra incompleta de mim mesmo.

Jurei. Até à Eternidade.

Amadeu Homem

Imagem da net