UM SUPOSTO TESTAMENTO DE RABELAIS

 francoisrabelais.jpg

 Segundo uma tradição de duvidosa credibilidade, François Rabelais, o famoso autor dos livros "Gargantua" e "Pantagruel", teria escrito um testamento lacónico que dizia isto : " Não tenho nada e devo muitíssimo. O que sobrar, deixo aos pobres".

Parece-me ser uma fórmula perfeitamente aplicável ao Portugal do nosso tempo.

Amadeu Homem