Coimbra poderá ter botija de gás mais barata

 De acordo com um diploma publicado no Diário da República, que, como outros, não deverá ser para cumprir, o governo geringonciado aprovou o projeto-piloto de aplicação da tarifa solidária de Gás de Petróleo Liquefeito (GPL) a aplicar a “clientes finais economicamente vulneráveis”,

O projeto-piloto, que vai abranger no máximo dez municípios, será aberto a todos os operadores do mercado titulares de marca própria, que mostrem intenção de nele participar.

O concelho de Coimbra poderá ser um dos 10 municípios que integram este projecto piloto, anunciou Manuel Machado na última reunião da Câmara Municipal de Coimbra.

O edil disse que, “se houver condições, nós seremos um dos municípios-piloto” a assumir o desafio que tem “como objectivo fazer baixar o preço da botija de gás para as famílias que não têm meios”, afirmação que obteve muitas palmas do grupo PS+1 e o sorriso gozão dos restantes vereadores.

A “botija solidária” de 13 kgs vai custar cerca de 18 euros, o que permitirá uma poupança significativa em relação praticados no mercado liberalizado, onde são praticados preços médios de 25 euros.

São elegíveis para beneficiar da tarifa solidária as pessoas singulares em situação de “carência socioeconómica”, nomeadamente as que são abrangidas pelo complemento solidário para idosos, rendimento social de inserção, subsídio social de desemprego, abono de família, pensão social de invalidez e também as pessoas cujo agregado tenha um rendimento anual igual ou inferior a 5.808 euros, acrescido de 50% por cada elemento (até ao máximo de dez) e que não receba qualquer outro rendimento.

Da mesma forma, vão ser considerados beneficiários os que usufruem da tarifa social de energia elétrica, devendo, para isso, “a Direção geral da Energia e Geologia (DGEG) fornecer aos municípios requerentes a identificação dos beneficiários elegíveis”.

Parece que o presidente da edilidade vai controlar ele próprio a distribuição do gás, uma vez que a maioria dos beneficiários não possui transporte próprio para o transporte do gás, recorrendo-se, por conseguinte, às entregas porta-a-porta, com uns negociozitos de permeio…

Gas-Coimbra.png