MACHADADA COIMBRÃ...

  Aeroporto-Internacional-de-Coimbra.jpg

O Aeródromo de Cernache/Coimbra está, e oficialmente, encerrado.

A NAV - Navegação Aérea de Portugal - decidiu fazê-lo na passada semana.

Não tem - refere essa Entidade - condições técnicas para operar.

 

“Não foi feita a certificação em tempo certo e, primeiro não é preciso um concurso público por 8 000 euros na Administração Público, depois há as mangas de vento profissionais que podem custar 300 euros”, explicou o líder do PSD Coimbra, sublinhando que “não é por falta de dinheiro porque a Câmara tem todas as condições para suprir estas lacunas, com 40 milhões de euros no Orçamento para 2019” - diz quem sabe.

 

Esta é uma autêntica machadada coimbrã...

A Cidade e a Região a andar para trás, a ficar na cauda, a atrofiar-se e a render-se a um projecto político-partidário que não faz avançar Coimbra.

Os autarcas que não sabem servir as populações deviam nem sequer candidatar-se. Fazem-no porque querem sufragar-se, levando muitos crentes a acreditar, como acontece com algumas seitas religiosas, que têm ideias, dinamismo, estudos e que fazem profissões de fé sobre o que não tem, por manifesta inépcia e incompetência, pernas para andar...

Coimbra, e nestes últimos anos de mandato do actual Presidente atrasou-se. Uma nuvem de fumo de promessas que não deram nem vão dar em nada.

Mas os outros partidos, os da oposição, não têm nenhum futuro para Coimbra.

Vamos provocar gente nobre e de boa vontade para concorrer às próximas.

Vou fazer um levantamento, junto de amigos e colegas, para nos candidatarmos.

Fazíamos, estou certo, pelo menos pela nossa maneira de nos celebrarmos, junto das pessoas, as que mais precisam, melhor e estaríamos atentos aos desafios da 4.a Revolução Industrial.

Vamos a isso, meus caros amigos e colegas?

António Barreiros