O MAIOR TRUQUE DE ILUSIONISMO DA EUROPA

 

Coimbra prepara-se para apresentar o maior truque de ilusionismo alguma vez visto em toda a Europa.

O mundialmente reconhecido mágico Luís de Matos prepara-se para uma missão impossível: Num tanque cheio de tubarões, vários participantes pretendem libertar-se

de fortes amarras para ir a correr buscar um troféu de grande importância cultural (prémio entregue em 2027).

Numa altura em que grande parte dos concorrentes já perceberam como desatar cordas da burocracia municipal e já têm chaves dos cadeados que permitem passar à fase seguinte, Luís de Matos prepara-se para mergulhar no tanque, sem qualquer tipo de preparação prévia.

O risco é elevado, mas a confiança é muita. O Mágico conimbricense não está sozinho neste desafio e conta com o apoio de personalidade como Cristina Robalo Cordeiro, que já disponibilizou a obra “Lógica do Incerto” para os momentos de incerteza que certamente vão ser vividos por Matos até 2021. Também Nuno Freitas aceitou o desafio

do Município, colocando os seus excelentes serviços de anestesiologia ao serviço da equipa.

O MH tentou esclarecer se Nuno Freitas faz parte da equipa enquanto anestesista ou líder do PSD. Em todo o caso, dará jeito ter um anestesista no grupo para a hipótese ainda que remota do truque de magia ser mal sucedido. É que nesse caso, com anestesia vai doer menos.

Também tentámos apurar se o Líder do PDS de Leiria (Rui Rocha) teria sido incluído como agente duplo (dado que Leiria é uma das cidades que concorre com Coimbra ao título) mas até ao fecho da redacção não foi possível esclarecer esta situação. Apenas confirmámos que Rui Rocha é presidente executivo de um grupo empresarial dedicado à sinalização vertical rodoviária e que se prepara para implementar sinais STOP a todos os outros concorrentes e criar uma via VERDE à candidatura de Coimbra.

Fonte do município confirmou que a ideia inicial era convidar a nossa senhora de Fátima para coordenar o grupo (porque só um milagre permitiria que Coimbra fosse escolhida para capital da cultura), mas como era provável que ela declinasse o convite (até pela proximidade que tem a Leiria) o município optou pelo Ilusionista.

As capacidades de Luís de Matos são mais que conhecidas e as provas dadas por esse mundo fora são extremamente animadoras. Uma coisa é certa, só o facto de Manuel Machado criar uma equipa multidisciplinar e multipartidária já é, por si, só, um grande feito.

A equipa do Movimento Humor deseja a toda a equipa o maior sucesso neste desafio, e todos torcemos para que Coimbra venha a ser a capital europeia do Ilusionismo 2027

(OPS! Cultura).

 

TEXTO de Carlos Dom Ingues (Ministro da Tecnologia sem pastel do MH)

CARTOON de José Gomes (primeiro Ministro sem pastel nem pasta)

 

Movimento-de-Humor.png