O TEUC NO BRASIL EM AGOSTO DE 1951

 

Integrado na "Embaixada Universitária de Coimbra" que visitou o Brasil em Agosto de 1951, com conferências proferidas em diversos locais pelo Reitor Maximino Correia e pelos Doutores Pereira Dias, Lopes de Almeida e Eduardo Correia, o TEUC representou peças de Gil Vicente (Trilogia das Barcas, Auto da Alma, Farsa de Inês Pereira, Súplica da Cananeia, Todo-o-Mundo e Ninguém) e "O Grande Teatro do Mundo", de Calderón de la Barca no Rio de Janeiro, São Paulo, Ribeirão Preto, São Carlos, Araraquara, Baurú, Araçatura, Botucatu, Santos, Campinas, Belo Horizonte, Campinas, Ouro Preto, Baía, Maceió e Recife (cf. Santos Simões, "O Teatro dos Estudantes de Coimbra no Brasil", TEUC, Coimbra, 1952).

Na ocasião, foi editado o prospecto "Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra" (Atlântida, Coimbra, Agosto de 1951), com capa de Tóssan e caricaturas executadas por estudantes do TEUC.