Continua acesa a luz da esperança

Joao-Alves2.jpg 

Enquanto a subida for matematicamente possível, a luz da esperança continuará bem acesa.

Sem deslumbrar, a equipa da Briosa mostrou estar consciente de que só as vitórias lhe servem, pelo que, à ousadia, acrescentou o calculismo. Podia ter ganho por maior margem, mas também podia ter perdido: há coisas a limar para evitar sobressaltos desnecessários, lá isso há; mas também há talento suficiente para evitar esses “pecadilhos” e acrescentar mais-valia goleadora; até houve momentos mágicos…

 

A Académica de Coimbra somou a terceira vitória seguida na II Liga e a quinta nos últimos seis jogos ao bater o Sp. Braga B por 1-0.

Um golo de Hugo Almeida decidiu a partida a favor dos da casa, que, deste modo, pressionam o Famalicão. Os minhotos são segundo classificados, mas vão começar a partida na Covilhã [domingo] com apenas dois pontos de vantagem sobre a Académica, que com este triunfo também ultrapassou o Estoril: a equipa da linha joga domingo de manhã em casa do líder Paços de Ferreira.

 

O golo da vitória da 'briosa' no Estádio Cidade de Coimbra ocorreu aos 56 minutos, numa jogada em que Romário Baldé cruzou para a área e Hugo Almeida, ao segundo poste, encostou para o fundo da baliza, depois de um Jonathan Toro falhar o remate.

Numa partida bem disputada, com ocasiões de golo para ambas as partes, a Académica conseguiu ser mais eficaz e contabiliza mais dois pontos do que os estorilistas, que visitam o líder Paços de Ferreira.

A equipa bracarense respondeu com muito perigo aos 70 minutos, quando Henry isolado conseguiu ultrapassar o guarda-redes academista, mas perdeu ângulo e o remate saiu desenquadrado.

Aos 76 minutos, Jonathan Toro, em jogada individual, tirou dois adversários do caminho e rematou com perigo à baliza arsenalista, com a bola a rasar o poste.

Em desvantagem no marcador, os minhotos procuraram encostar a Académica para o seu setor mais recuado e, aos 77 minutos, um cruzamento de André Ribeiro quase dava em autogolo dos 'estudantes'.

Já em período de compensação, o Sporting de Braga B atirou à trave da baliza defendida por Ricardo Moura, num remate cruzado de Simão já dentro da área da 'Briosa'.

Académica - Sporting de Braga B, 1-0 (ao intervalo: 0-0)

Marcador: 1-0, Hugo Almeida, 56 minutos.

Equipas:

- Académica: Ricardo Moura, Dias, Yuri Matias, João Real, Joel, Reko, Jean Felipe, Romário Baldé (Traquina, 79), Júnior Sena, Hugo Almeida (Djoussé, 81) e Jonathan Toro (Fernando Alexandre, 86).

 

- Sporting de Braga B: Tiago Pereira, Casimiro, Bruno Wilson, David Carmo, Simão, Makouta, Afonso Caetano, Crespo (Tiago Dias, 81), Danisson (Tavares, 78), Henry (Franklin, 78) e André Ribeiro.

 

Árbitro: Fábio Melo (AF Porto). Na primeira parte, arbitrou assim-assim; na segunda, assim-assado por vezes muito mal. Sempre em desfavor da Académica.

 

A-CA-DÉ-MI-CA

ACA-DÉ-MICA

ACADÉMICA

 

BRIIOOOSAAAAAAAAAAAAA!....

ACADÉMICA, SEMPRE E SÓ!