Continuar a acreditar, precisa-se

Fernando-Fontes-Global-Imagens.jpg 

Enquanto há vida há esperança; e a esperança é a última chama a apagar-se. Hoje, a equipa da Académica, com um resultado robusto, mostrou que está ali para as curvas, ou. como diz o bom povo, para o que der e vier.

Os adeptos saíram do campo de barriga cheia, de golos e de bom futebol. Talvez com medo de outras #trovoadas”, os atletas transcenderam-se e incendiaram o campo. Com uma vitória copiosa de golos em contraposição à chuva que escorrera dos céus durante a madrugada, uma bonita partida em duplo sentido: um, porque houve futebol animado, por vezes bonito; outra, porque o Porto B não pensava minimamente na derrota, e levou-a no saco.      

O próximo jogo da Académica é crucial para que não se perca a esperança.

 

O cabo-verdiano  Júnior Sena e o internacional português Hugo Almeida bisaram na partida, que chegou a estar empatada com um golo de Rui Costa ainda na primeira parte.

Com este resultado, a Académica manteve o terceiro lugar, com 49 pontos, a dois do Famalicão, que tem menos um jogo e que recebe os 'estudantes' na próxima jornada, enquanto o FC Porto B é sexto, com 41.

A 'briosa' marcou cedo, logo aos 04 minutos, por Júnior Sena, num remate de fora de área, após passe de Jonathan Toro, que conduziu a jogada de ataque.

O FC Porto tentou responder, mas voltou a ser a Académica a estar próximo do segundo golo, aos 22 e 23 minutos, por Jonathan Toro e Romário Baldé.

A Académica voltou, mais uma vez, a estar perto do golo aos 31 minutos, num cabeceamento de Jonathan Toro na área, que levou a bola a sair ao lado.

Como quem não marca, sofre, o FC Porto chegou ao empate numa jogada de contra-ataque, em que Rui Costa, isolado sobre a direita, fez um chapéu ao guarda-redes Ricardo Moura.

A Académica chegou à vantagem aos 62 minutos, num grande golpe de cabeça de Hugo Almeida, que entrou no jogo no início do segundo tempo.

O guarda-redes dos estudantes ainda negou o golo a Rui Costa, aos 67 minutos, e aos 78 minutos viu um companheiro da defesa desviar para canto um lance muito perigoso com Romário Baró.

O 3-1 surge aos 80 minutos, por Júnior Sena, novamente num remate de fora de área.

O avançado Hugo Almeida fechou a contagem aos 90+2, numa jogada em que combinou com Reko na grande área.

 

Jogo no Estádio de Coimbra:

Académica - FC Porto B, 4-1.  (ao intervalo: 1-1)-

Marcadores: 1-0, Júnior Sena, 04 minutos; 1-1, Rui Costa, 39; 2-1, Hugo Almeida, 62; 3-1, Júnior Sena, 80.; e 4-1, Hugo Almeida, 90+2.

Equipas:

- Académica: Ricardo Moura, Brendon, Yuri Matias, Zé Castro, Mike, Fernando Alexandre, Dias, Jonathan Toro (Reko, 83), Júnior Sena (Balogun, 88), Traquina (Hugo Almeida, 46) e Romário Baldé.

 

- FC Porto B: Diogo Costa, João Pedro, Bidi, Diego Landis (Estrela, 32), Oleg, Madi, Rui Pires, Luizão, Lameira (João Mário, 72), Gleison (Romário, 71) e Rui Costa.

 

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto), com arbitragem contestada.

Fotos: Fernando Fontes/Global Imagens e AAC/OAF

 

A-CA-DÉ-MI-CA

ACA-DÉ-MICA

ACADÉMICA

 

BRIIOOOOSAAAAAAAAAAAAAA