Foi-se a Taça

 

A Académica acaba de ser afastada da Taça de Portugal pelo Caldas. Parabéns ao Caldas, uma equipa nitidamente inferior, mas conseguiu atingir os objectivos com empenho e concentração, apesar de jogar toda a segunda parte com menos um jogador. A Académica teve uma enorme falange de apoio, é uma equipa nitidamente superior, mas são as camisolas que ganham. O treinador, mais uma vez, foi expulso, o que revela ansiedade e transmite instabilidade para o grupo. A Briosa falhou dois jogos decisivos com equipas claramente inferiores, o que revela pressão e ansiedade. No jogo de hoje perdeu-se prestígio e dinheiro que tanta falta faz. Não pode haver um terceiro falhanço. Os próximos dois jogos em casa têm necessariamente de ser ganhos. A equipa tem de ser preparada psicologicamente para jogar sem pressão. É nesta alturas que vemos quem são os campeões. Os adeptos têm dado e vão continuar a dar total apoio à equipa, mas a direcção tem de exigir ao grupo de trabalho empenho, dedicação, concentração e obviamente resultados a todo o grupo de trabalho. Quando se enverga a camisola negra da Académica é preciso suar e deixar tudo em campo. Agora, é preciso levantar a cabeça e ganhar o próximo jogo. Académica, Sempre!

João Castilho