Pedro Roxo muito crítico com arbitragem em Paços de Ferreira

Foto-AAC-OAF34.jpg

A Académica saiu derrotada (0-2) do jogo desta tarde, em Paços de Ferreira, e ficou mais longe dos lugares de subida. No final da partida, na sala de conferência de Imprensa do Estádio Capital do Móvel, em vez de comparecer João Alves, treinador dos estudantes, esteve Pedro Roxo, presidente do emblema academista.

O líder máximo da Briosa não poupou críticas à arbitragem de João Matos, árbitro de Viana do Castelo que dirigiu o encontro. Pedro Roxo fala de uma grande penalidade não assinalada a favor dos capas negras, lance que, ato contínuo, redundou num contra-ataque que originou o primeiro golo dos pacenses.

 «Hoje venho eu à conferência de Imprensa e não o mister João Alves para evitar algum mal-entendido que possa existir. Estamos numa altura em que se fala muito nas arbitragens e nos climas incendiários, mas isto não é clima incendiário nenhum. No futebol todos somos escrutinados, todos somos analisados. Jogadores, treinadores, presidentes. Só há uma classe que não pode ser criticada. Não estou a colocar em causa a honorabilidade de ninguém. Estamos aqui apenas a analisar. A crítica tem que ser direta e frontal: parece que, no futebol português, quem não chora não tem nada. Ou, como se costuma dizer, quem não chora não mama. A Académica vinha numa boa fase, com cinco vitórias consecutivas, e isto não se trata de escamotear os resultados. A Académica vem aqui simplesmente pedir respeito por todos os seus profissionais. Não podemos admitir aquilo que se passou aqui hoje. Há uma grande penalidade a favor da Académica que toda a gente terá visto, o próprio estádio ficou em silêncio, e na sequência desse lance surge o 1-0 para o adversário. Isto não é nada contra o Paços de Ferreira nem contra ninguém. É um alerta e um pedido para que as pessoas estejam atentas.  As únicas pessoas que parecem que não podem ser criticadas no futebol português são os árbitros. E quando alguém vem criticar parece que na semana seguinte tudo vira… A Académica não pode entrar nesse jogo mas, caramba, não posso estar todas as semanas e desde o início da época ter os jogadores sem justificações para algumas derrotas. É preciso analisar, criticar e ver quais são os resultados de alguns árbitros quando apitam. Isto não é para levantar polémicas, é só uma análise fria, objetiva e rigorosa», afirmou Pedro Roxo.

 

https://www.facebook.com/RelatosRUC/photos/a.384684182002/10155672222617003/?type=3&eid=ARAyQ0bad9ikYOEATPWmX2ewp4XH0R8sHIXIQV0g8h-u0KXgyvnakNMNxGRu3KX_GOW1C7BmWc8u1Pbr&ifg=1