Que aflição

 Academica-vs-Benfica-B-FUTBIK.jpg

Imagem: FUTBIK

Ao empatar 1-1 na visita à Académica, o Benfica B cedeu hoje os primeiros pontos na II Liga de futebol, num jogo da quarta jornada em que Hugo Almeida se estreou a marcar pela formação de Coimbra, dando mostras de que, em melhor forma, poderá vir a ser de grande utilidade para ajudar a Académica a subir â I Liga.

Os 'encarnados' continuam na liderança do campeonato, com 10 pontos, depois de três vitórias consecutivas, enquanto a Académica, que ainda não venceu, segue no 13.º lugar, com três.

Os líderes da II Liga adiantaram-se no marcador aos nove minutos, por Willock, enquanto Hugo Almeida fixou o resultado final aos 89.

Os 'encarnados', que foram sempre mais perigosos na primeira parte, chegaram à vantagem após passe 'rasgado' do norte-americano Keaton Parks a isolar o avançado inglês, que, frente a Peçanha, atirou cruzado, com a bola ainda a bater no poste antes de entrar na baliza.

A equipa alfacinha podia ter ampliado a diferença não fosse o desperdício de Keaton Parks, aos 12 minutos, Benny, aos 39, e Jota, aos 41 minutos, quando acertou na barra da baliza de Paçanha, na cobrança de um livre direto a cerca de 25 metros.

Aos 40 minutos, a "briosa" desperdiçou a sua melhor ocasião. Cruzamento de Joel na direita, após jogada de insistência, e Hugo Almeida, na pequena área, falha a emenda para a baliza, com a bola a percorrer toda a linha de baliza.

Na segunda parte, a Académica surgiu com mais intensidade e a dominar o jogo, mas sem criar grandes ocasiões de golo.

Aos 54 minutos, Peçanha evitou mesmo o segundo golo dos lisboetas, numa grande defesa a remate de Saponjic, a culminar um cruzamento de Benny na direita.

Depois de várias ameaças, o avançado Hugo Almeida igualou a partida aos 89 minutos, num cabeceamento junto à linha de baliza, após um cruzamento em balão de Marinho.

Não vale a pena chorar no molhado, dizer isto ou aquilo, fazer previsões, pois, como está taxado no futebol por ordem e motivação do lapalissiano João Pinto (o do Porto), prognósticos, prognósticos só no fim do jogo, ou, no caso, só no fim do campeonato.

A Académica fez uma péssima primeira parte, com os benfiquistas a moverem-se a seu bel-prazer.

Na segunda parte, a Académica melhorou a sua produção, contudo aos arranques e arrepios, com jogadas perdidas quer por displicência quer por falta de força nas pernas ou nas cabeças.

Desculpe-se o facto porque só agora é que a Briosa tem o seu “lote” de jogadores completo, e, pelos nomes – se os nomes jogassem -, até pode formar uma equipa cem por cento ganhadora. Vêm aí três semanas para o conseguir,

Ki, na nossa opinião, foi o elemento mais batalhador e lúcido; e Hugo Almeida fez aquilo que se lhe pede: marcou um golo.

 

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Benfica B, 1-1 (Ao intervalo: 0-1)

Marcadores: 0-1, Willock, 09 minutos; 1-1, Hugo Almeida, 89)

Equipas:

- Académica: Peçanha, Mike, João Real, Brendon, Joel, Dias (Ki, 46), Fernando Alexandre, Rúben Saldanha, Traquina (Júnior Sena, 58), Hugo Almeida e Djoussé (Marinho, 72).

.

- Benfica B: Zlobir, Alex Pinto, Kalaica, Ferro (Pedro Álvaro, 85), Pedro Amaral, Jota, Keaton Parks, Florentino Luís, Benny (Nuno Santos, 90+4), Willock e Saponjic (Daniel Anjos, 71).

 

Árbitro: José Rodrigues (AF Braga), muito “cru”, ou, se o não é, muito “benfiquista”.

 

A-CA-DÉ-MI-CA

ACA-DÉ-MICA

ACADÉMICA

BRIIOSAAAAAAAAAAAAAAAA!......