Editorial 03-08-2019

 Sofismas 

Neste país em que vivemos – ou sobrevivemos? -  em que a corrupção grassa a todos os níveis, em que os gatunos são encarecidos e indemnizados e os roubados condenados a indemnizar, em que, à boca cheia se fala das manigâncias dos gabinetes dos ministros e da rapaziada afim, difícil é uma pessoa não escrever sobre o que por cá corre e escorre.

Com a oposição a atravessar grave crise – dizem-no, pelo menos, os jornais engajados – o governo não se coíbe de troçar do povo, tomando-o por burro quando o seu estado é apenas abúlico.

O problema das golas é um exemplo claro do que é a aldrabice e o arranjismo de pessoas indirecta ou direstamente afectas ao governo. Bem pode Cabrita sofismar a questão, bem pode queres mostrar que nada de mau há no caso, mas o certo é que, num país a sério, o governo já tinha sido degolado. Todavia, e ele sabe-o, daqui a uns dias já ninguém fala neste assunto, que vem aí a “falsa” greve dos camionistas de produtos perigosos.

Corre pos aí – vox populi! – que o advogado de um dos sindicatos é um bói do PS. Nada, por isso, obsta a que uma pessoa cogite se a “greve” não passa de uma congeminação para fazer de Costa o salvador da economia, o grande árbitro do conflito, que, abandonando as (i)merecidas férias, salta do Algarve para Lisboa para selar um acordo entre patrões e camionistas, o dar de bandeja ao ainda primeiro-ministro a vitória nas eleições de Outubro.

O caso de Tancos volta a incendiar: mais um oficial da GNR detido, mas o ministro da tutela da época continua por aí a pavonear-se; das “Raríssimas” perdeu-se-lhe o rasto. Há que preservar a “família”.  

Estou a delirar? Talvez sim, talvez não…

O degelo na Gronelândia é preocupante, mas não vejo por aí ninguém a falar no assunto

Depois de ser “má-língua”, uma coisa boa: nos CHUC uma operação muito complexa e inédita, de que se dá notícia nas páginas interiores. Parabéns à equipa médica.

 No meio disto tudo, valha-nos, pois, a UNIVERSIDADE DE PORTUGA, a que teimam a chamar-lhe só de Coimbra.

ZEQUE