Asteroide de 40 metros pode chocar com a Terra este ano

Asteroide.jpg

Existe uma lista com 816 asteroides considerados potencialmente perigosos para os humanos, uma vez que podem vir a chocar com o nosso planeta nos próximos 100 anos.

O número seis desse ranking pertence ao 2006 QV89 que, de acordo com a Agência Espacial Italiana (ASI), poderá atingir a Terra no próximo dia 9 de setembro pelas 8h00 (hora de Lisboa).

Mas ainda é cedo para alarmismos pois, explica a ASI, só em julho será possível conhecer com precisão a trajetória que o asteroide irá efetivamente ter.

“Com os dados que temos agora, a probabilidade de impacto é equivalente a sermos atropelados por um comboio se atravessarmos uma linha às cegas, sem ver e ouvir, mas sabendo que passa um comboio a cada 15 horas”, explicou Ettore Perozzi, da ASI.

O que se sabe para já, e na pior das hipóteses, é que o 2006 QV89 pode atingir a Terra a uma velocidade de 44 mil quilómetros por hora, arrasando uma superfície de até dois mil quilómetros quadrados. Em termos comparativos, a capacidade de destruição é semelhante à que foi causada pelo asteroide que caiu na Sibéria em 1908.

A questão que se coloca, destacou Rolf Densing, diretor do Centro Europeu de Operações Espaciais, não é se um asteroide vai ou não atingir o planeta Terra. A questão que se coloca é quando isso acontecerá, lê-se no jornal La Vanguardia.

Imagem retirada da net

Patrícia Martins Carvalho