BCE vai acabar com compra de dívida e mantém taxas na Zona Euro

 

Mario-Draghi.jpg

O Banco Central Europeu anunciou o abandono, até ao fim de 2018, do programa de compra de dívida soberana, e a manutenção das taxas de juro na zona Euro "pelo menos até ao verão de 2019".

Em conferência de imprensa, o presidente do BCE frisou também que os países da moeda única precisam de fazer um "maior esforço de reforma":

"Para poder recolher todos os benefícios das nossas medidas de política monetária, outras áreas políticas precisam de contribuir de forma mais decisiva para aumentar o potencial de crescimento a longo prazo e reduzir as vulnerabilidades. A implementação de reformas estruturais en países da Zona Euro precisa de ser substancialmente intensificada, para aumentar a resiliência, reduzir o desemprego estrutural e impulsionar a produtividade e potencial de crescimento da Zona Euro."

Draghi minimizou ainda o risco político ligado à chegada ao poder de um governo eurocético em Itália, a terceira economia da moeda única.

Notícia: Euronews