Madonna entra na guerra contra Bolsonaro

 

madonna.jpg

 Madonna é a mais recente figura mundial a juntar-se à campanha contra o candidato Jair Bolsonaro à presidência do Brasil. Também a cantora Cher ou a banda norte-americana Black Eyed Peas estão a juntar-se ao movimento contra o candidato da extrema-direita. Em causa estão as posições assumidas por Bolsonaro contra a comunidade LGBT e os direitos das mulheres. Para hoje estão marcadas várias manifestações contra Jair Bolsonaro em várias cidades do Brasil e também em Portugal.

A esquerda verdadeira, comunista serôdia, tem uma capacidade de mobilização extraordinária, fazendo com que a esquerda caviar baralhe e barulhe e apareça como notícias paragonadas nos vários meios de comunicação social.

O caso do Brasil é um paradigma. Só não percebemos para quê tanto alvoroço, pois é o povo brasileiro quem tem de escolher e não a vadiagem pseudo-intelectual dos vendedores e vendedeiras de corpos acéfalos.

Enfim, é a vida pantanosa dos escroques que ganham e gastam milhões sem nada produzirem, e sem pagarem impostos.

Imagem da net