Mourinho quer 'derrubar' Juventus (e CR7) e pode regressar a Itália

Mourinho.jpg

A derrota com o Bologna, no passado domingo, por 0-1, que deixa o Inter de Milão no terceiro lugar da Serie A, terá sido a gota de água que selou o futuro de Luciano Spalletti.

A revista italiana Libero revela, esta terça-feira, que, após o encontro, a direção do conjunto nerazzurri reuniu com o treinador, a quem comunicou que este será demitido, mas só no final da presente temporada, de forma a evitar o pagamento de uma indemnização no valor de 23 milhões de euros.

Nesse sentido, o histórico clube transaplino já terá dado início à procura de um novo responsável para a equipa principal. Antonio Conte, livre desde o passado verão, quando abandonou o comando técnico do Chelsea, será um dos nomes em cima da mesa, mas não o mais ‘estrondoso’.

Isto porque, segundo a referida publicação, Jorge Mendes terá contactado, nas últimas horas, os responsáveis do Inter de Milão, no sentido de fazer saber que José Mourinho estaria disposto a regressar ao clube que, em 2009/10, orientou rumo à conquista da Liga dos Campeões.

O técnico português, que abandonou o Manchester United no final de 2018, veria com bons olhos o desafio de ‘derrubar’ a ‘crónica’ campeã Juventus, assim como… Cristiano Ronaldo, com quem manterá uma relação agridoce desde que ambos partilharam balneário no Real Madrid.

No entanto, o ‘Special One’ – quer dizer, que já foi! - só admite regressar a Milão caso lhe seja dada ‘carta branca’ para reforçar a equipa no mercado de transferências. 

Imagem: Reuters