O que esconde a saída de Harry e Meghan do Palácio de Kensington?

Harry-e-Meghan.jpg

 Educar o filho num ambiente tranquilo e longe do rebuliço de Londres terá sido apenas uma desculpa encontrada por Meghan Markle para convencer o príncipe Harry a deixar o apartamento onde vivem desde que se casaram, no Palácio de Kensington.

Fontes próximas da família real britânica garantem, no entanto, que tudo não passa de um esquema da ex-atriz para afastar o marido do irmão, William, e da cunhada, Kate Middleton, que vivem no apartamento vizinho, o que faz com que estejam a par de praticamente tudo o que se passa entre os dois. Além disso, Harry sempre foi muito próximo dos duques de Cambridge e antes da chegada de Meghan à sua vida os três até partilhavam o mesmo apartamento. Uma proximidade que não será do agrado da duquesa de Sussex, cujo feitio está a dar que falar na imprensa britânica, sobretudo pela alegada forma rude como se dirige aos empregados, o que confirma o ditado de que “se queres conhecer o vilão, põe-lhe o pau na mão”

Assim, muito em breve Harry e Meghan passarão a viver em Frogmore Cottage, uma residência situada em Windsor que lhes foi oferecida pela rainha Isabel II quando se casaram. Será já nesta casa que estarão instalados quando nascer o seu primeiro filho em comum, na próxima primavera.

Uma espécie de Brexit caseiro, é o que é…

Imagem retirada da net