DOENÇA!

Quando a saúde está doente, o governo morre...

Tem sido assim.

Não sei se é das alergias, mas os sintomas desta greve onde os visados permanecem imunes, quem acaba pagando as favas são os doentes a quem a coceira no nariz os faz desconfiar da justeza da dita.

A democracia permite-o e bem. O direito à greve está nela consagrado. O da saúde também.

E juramentado por quem faz esta!

Se o meu cão me morde, não vou bater no do vizinho. Está inocente e não deve arcar com as consequências da minha ira.

Nesta greve é isso o que acontece. Só os inocentes sofrem.

Se esperam que se revoltem contra o Estado, o risco é grande. O rosto de quem lhes não acode veste de branco... e segundo pensamento geral estão bem melhor na vida do que quem a eles ocorre.

Formar um médico custa caro a todos nós. Não podemos dar-nos ao luxo de os exportarmos a troco de nada assim como a enfermeiros dos mais bem formados do mundo.

Não esquecendo o que lhes devemos, não nos podemos esquecer do quanto nos devem. Nem eles!

A solução estará algures, sem prejuízo do doente, talvez escondida entre interesses obscuros.

A saúde é um bem precioso, cara a todos, uma fonte de negócio inesgotável, tão lucrativo como a guerra e a indústria a ambos inerente.

Todos sabemos isso.

Muito poucos verão a diferença entre as reivindicações desta greve e o que pensarão dela todos os atingidos pelos efeitos colaterais.

Será só mais uma, até que uma ditadura resolva pôr fim a uma democracia que teimamos em não merecer.

O problema é sempre o dinheiro. A falta dele. Em alguns casos a demasia, onde não deve estar...

Na verdade, é a falta de consciência que devia existir em cada um. A falta de capacidade de se pôr no lugar do outro, de imaginar sequer a desilusão do não poder. O não ser capaz de decidir entre comprar um Ferrari ou um iate, ou entre um caldo de couves ou compra de um medicamento...

É tudo uma questão de escolha.

Mude-se. pois, quem e o que está mal!

Jose-Eliseu33.png

José Eliseu - Óleo s/tela: 30 X 45 cm" Brincadeiras na praia"

José Eliseu