MULHER MADURA

 

Quando resolvi escrever sobre a mulher madura, pensei em mim e em todas as mulheres de trinta, quarenta, cinquenta…não importa a idade, claro, não desmerecendo as mais novas, até porque, pretendo falar de toda vivacidade que elas possuem. A mulher madura tem um jeito todo especial de ser, ela não é ventania, ela é ar em movimento. Ela possui uma beleza peculiar que não se iguala a nenhuma outra. Pena daqueles que não sabem percebê-las!!!

A mulher madura não pega, ela TOCA. A mulher madura não come, ela se ALIMENTA. A mulher madura não provoca, ela já é PROVOCANTE. A mulher madura  não é inteligente, ela é SÁBIA. A mulher madura não se insinua, ela mostra o CAMINHO sutilmente. A mulher madura não se precipita, ela espera o MOMENTO CERTO. A mulher madura não nada, ela NAVEGA. A mulher madura não voa, ela FLUTUA.

A mulher madura não pensa em quantidade, ela prefere QUALIDADE. A mulher madura não vê, ela OBSERVA. A mulher madura não anda, ela CAMINHA. A mulher madura não deita, ela ADORMECE. A mulher madura não é pretensiosa, ela simplesmente se GOSTA. A mulher madura não julga, ela ANALISA. A mulher madura não compara, ela ASSIMILA. A mulher madura não consola, ela ACALENTA.

A mulher madura não acorda, ela DESPERTA. A mulher madura não coloca algemas, ela os deixa LIVRE. A mulher madura não enfeitiça, ela ENCANTA. A mulher madura não é decidida, ela apenas sabe O QUE QUER. A mulher madura não é exigente, ela é SELETIVA. A mulher madura não se senti velha, ela se considera EXPERIENTE. A mulher madura não se lamenta, ela tenta fazer DIFERENTE.

Vanessa Pena