A vantagem omitida

SONAE-SGPS-SA2.jpg

A vantagem omitida é que, sem papel, fica bem mais fácil os consumidores não se aperceberem das diferenças entre os preços afixados e os preços facturados.

Sonae poupa 15 milhões todos os anos graças a facturas electrónicas

Em 11 Mar, 2019

Executive Digest

O projecto de desmaterialização das comunicações com parceiros e fornecedores, implementado em 2005, permite à Sonae poupar mais de 15 milhões de euros todos os anos. Além disso, a opção por facturas electrónicas permite reduzir a utilização de papel em mais de 90 toneladas anuais, salvando 2500 árvores.

Também os litros de água usados baixaram 10 milhões, a par das emissões de CO2 – que registam uma quebra de 50 milhões. Nuno Guerreiro, director da Direcção dos Serviços Administrativos, responsável por desenvolver o projecto, considera que a factura electrónica é positiva para toda as partes.

«As equipas passaram a ter acesso a informações e indicadores de gestão com maior qualidade, agilidade e rapidez, o que veio facilitar o seu trabalho e gerar não só poupanças ambientais e financeiras, como também ganhos efectivos de produtividade», sublinha o profissional.

Actualmente, a totalidade das ordens de compra da Sonae e 99% das facturas de fornecedores externos são emitidas electronicamente.

Imagem retirada da net