SALOIO

 Saloio.png

“Çala, Salat ou Salah”, variando a ortografia, é o nome dado pelos árabes à reza que fazem cinco vezes ao dia.

Terá sido esta a origem da palavra “saloio” que ainda hoje designa os habitantes da região circunvizinha ao Norte de Lisboa.

Porque, quando D. Afonso Henriques conquistou Lisboa aos mouros, decidiu permitir que, nessa região, situada nos actuais concelhos de Mafra e de Loures, se mantivessem as populações mouras ali residentes, de forma a que continuassem a semear e colher os produtos agrícolas indispensáveis a abastecer e alimentar a cidade de Lisboa.

É por isso que o vocábulo saloio se tornou sinónimo de camponês, de pessoa rural , de papalvo, que admirava de olhos espantados a cosmopolita cidade quando a ela vinha trazer os produtos que cultivava ou o pão que cozia.

A que ainda hoje se chama “pão saloio”.

Rui Felício