Metrobus - 2

Metrobus2.png

O Metrobus não precisa de usar a actual linha de comboio para chegar a Coimbra-B. Há traçados alternativos que permitem manter o comboio a servir directamente a Baixa.

Que alternativa considera melhor?

Regressamos ao tema dos traçados para o Metro Mondego e mostramos em maior detalhe a alternativa mais disruptiva, a "Alternativa 1". Utilizamos como pano de fundo o mapa do plano da ARU Coimbra Rio.

Chegando pela Portagem, a linha curvaria pelo lado direito da Estação Nova para não ter de se sobrepor à linha de comboio. Seguiria sempre pela Avenida Fernão de Magalhães.

Esta opção tem a desvantagem de colocar a Estação em "T" (na intersecção das duas linhas metrobus) mais longe da Estação Central de Coimbra. Tem também o senão de levar a uma redução significativa da capacidade de tráfego automóvel no trecho mais estreito da Avenida.

Por outro lado, tem a vantagem de não necessitar de se criar nenhuma via ou arruamento, pois o canal já existe. Para além disso, serve directamente a Avenida Fernão de Magalhães, o principal pólo de atracção desta zona da cidade.

 

Movimento Cívico pela Estação Nova