Últimos artigos

Leonid Afremov10

Como eu te sinto!...

[…Sinto-te perto de mim enquanto acorre o anoitecer de mansinho. Sinto-te. O teu atrair, a tua chama que me afogueia, o teu sorriso de través e maroto, a tua rima que me coloca entre os socalcos que os xistos das vinhas embelezam com belezas e suores...

como fazer um pomar

Ano macho, ano cabrão…

   Abordei aqui recentemente a questão suscitada a partir do aforismo “ano de ameixa, ano de queixa” fazendo especial referência às alterações climáticas que em certos anos acontecem, originando que algumas culturas ocorram fora do seu ciclo normal. ...

Sorriso

Um sorriso e um abraço…

  Tirei este texto da gaveta. Agora já pode ver a luz do dia. O tempo desapareceu…Não deveria ter mais de cinquenta anos, a sua face ainda estava pejada da beleza da adolescência, mas o que me chamou a atenção foi o sorriso, algo de especial, a suger...

Mais artigos desta secção

Goodbye, Bagram!

Disse um militar afegão quando as tropas americanas abandonaram Bagram:“Pela maneira como saíram, sem dizer nada aos soldados afegãos que cá fora patr...

Zé do Telhado Português que Roubava os Ricos para dar aos Pobres

Ficou conhecido como o Zé do Telhado e é para muitos o Robin dos Bosques português, já que também roubava aos ricos para dar aos pobres. Foi líder de ...

OUSA PENSAR - A GRÉCIA ANTIGA

De um grupo de pequenas cidades-Estados isoladas no meio de montanhas, ergueu-se uma imensa onda de talento e de criatividade a que se deve muito da c...

«O Fubeiro», Parte V - O crepúsculo da vida contrabandista de Tomé, Fascículo Único e Último Fascículo da Obra

Parte V – O crepúsculo da vida contrabandista de Tomé, Fascículo Único e Último Fascículo da ObraO bom padre Bernardino fica atónito quando o doutor D...